O que é e como funciona o Metaverso?

Nos últimos meses, a criação de um universo virtual, compartilhado e hiper-realista ganhou destaque. Todo um universo virtual, onde todos podem estar, fazer e construir o que quiserem. É uma definição que se encaixa perfeitamente no metaverso, termo que, desde o final de 2021, se tornou uma das palavras mais pesquisadas na internet. A frase é usada para se referir a um espaço virtual compartilhado, que as pessoas podem acessar usando óculos especiais e outros equipamentos.

Post metaverso

O que é Metaverso?

Diante de nossa crescente intrusão no mundo virtual e nossa maior dependência dele, o metaverso propõe remover completamente as barreiras entre a realidade e o virtual. Como tal, o metaverso será um ambiente onde os humanos podem interagir social e economicamente por meio de avatares no ciberespaço que espelham o mundo real, mas não possuem limitações físicas.

No metaverso, três características são consideradas essenciais:

  1. Interatividade – A forma de interação proporcionada pelo metaverso vai além daquelas utilizadas em tempos de isolamento social. Ao invés de simples conferências ou videochamadas, no metaverso é possível fazer uma reunião virtual com a participação de todos com seus respectivos avatares. A interação se dá em uma nova esfera de entendimento, tornando tudo mais dinâmico.
  2. Treinamento – Outro ponto bastante relevante com a adoção do metaverso é em relação à formação dos profissionais e sua respectiva atuação no mercado de trabalho. A sala de aula, como é conhecida, sofrerá impactos significativos. Além disso, o perfil profissional exigido para o mercado de tecnologia provavelmente mudará muito, por se tratar de uma tecnologia inovadora.
  3. Comunicação – Por último, mas não menos importante, vale ressaltar como a comunicação entre as pessoas mudará com o uso crescente de um metaverso. Graças às interações virtuais, as pessoas tendem a se comunicar de maneira diferente. Embora esta seja uma jornada virtual, ela acontecerá em tempo real, com os participantes falando como se estivessem lá. Isso garante a transmissão de informações aceleradamente.

Como funciona o Metaverso?

O metaverso é antes de tudo baseado na ideia de realidade virtual e realidade aumentada As simulações serão cruciais para gerar um novo mundo virtualizado executado por pessoas reais com recursos reais. Ou seja, o acesso será muito parecido com o que as pessoas já fazem hoje, com óculos e outras ferramentas. Com isso o objetivo é aumentar a imersão no mundo virtual. Além disso, o universo virtualizado também contará com redes sociais e criptomoedas. O objetivo é gerar uma experiência completa, com praticamente tudo que você tem na vida real. Então, naturalmente, as pessoas passarão ainda mais tempo na internet e poderão resolver mais problemas.

Quando surgiu o Metaverso?

O termo metaverso apareceu pela primeira vez no romance de ficção científica Avalanche, de 1992, do autor Neal Stephenson. Nesta produção, o personagem Hiro, o Protagonista, é um entregador de pizza na vida real. Enquanto no mundo virtual, ele se transforma em um hacker samurai. Stephenson chama isso de realidade digital de metaverso. Muitas outras obras de ficção adotaram esse conceito, como o livro Ready Player One de Ernest Cline e publicado em 2011. Na história, os personagens passam horas em um videogame de realidade virtual escapando de uma vida difícil. 

Uma das primeiras empresas a tentar dar vida ao metaverso, a Liden Lab, lançou o jogo Second Life em 2003. O jogo ainda existe hoje, criando um ambiente virtual 3D que simula a vida real. Os usuários podem criar seus avatares e também interagir uns com os outros. Embora o Second Life tenha atraído milhares de jogadores, ele não conseguiu se estabelecer como uma tecnologia revolucionária capaz de transformar a Internet. A principal razão seria a falta de uma economia digital onde as pessoas possam ganhar dinheiro. Hoje já é possível. E o universo das criptomoedas com tecnologia blockchain pode se tornar essencial nesse esforço.

Quais são as principais características dessa tecnologia?

Um metaverso consegue simular um mundo totalmente novo enquanto os participantes não saem de casa ou do trabalho. O conceito pode até ser usado para desenvolver os funcionários de uma organização. Veja abaixo como isso pode ser feito por meio dos recursos dessa nova tecnologia.

  • Realidade Virtual – Toda a realidade do metaverso é, obviamente, virtual. Assim, o termo “realidade virtual” é usado para se referir à modalidade de experiência que se tem ao participar de tal ambiente. Para isso, você precisa usar óculos VR com fones de ouvido. O usuário verá o ambiente virtual e ouvirá os sons produzidos, com a impressão de que está em um lugar diferente de onde está fisicamente.
  • Realidade Aumentada – O conceito de realidade aumentada é um pouco diferente da realidade virtual. Em vez de criar um ambiente totalmente novo, a realidade aumentada insere elementos virtuais no ambiente real. Dois bons exemplos disso podem ser o jogo Pokémon Go e os filtros usados ​​nas redes sociais. Ambos incorporam elementos virtuais junto com a realidade.
  • Realidade Mista – No caso da realidade mista, temos uma mistura das duas realidades mencionadas acima. Nesse caso, há uma interação entre os participantes, mesmo que a imagem seja projetada para um público específico. É o caso de um show em que o cantor é um holograma e em que todos os participantes não estão no mesmo lugar físico.

Quando o Metaverso vai se tornar realidade?

Até agora, passar um dia trabalhando no metaverso parece um sonho distante. Também não há projetos consolidados além de jogos como Roblox e Fortnite. Mark Zuckerberg disse durante uma apresentação ao vivo da Meta, que o metaverso pode fazer parte de nossas vidas diárias nos próximos 5 ou 10 anos. Mas o único consenso entre os especialistas é que não é um sonho de curto prazo. Por exemplo, a tecnologia 5G ajudaria na conectividade necessária para os dispositivos usados ​​para entrar no metaverso. Afinal, a capacidade de transferir dados é essencial para navegar nesse tipo de tecnologia.

Resumindo

O metaverso será um ambiente onde as pessoas poderão interagir social e economicamente por meio de avatares cibernéticos que espelham o mundo real, mas sem limitações físicas. Outro ponto bastante relevante com a adoção do metaverso diz respeito à formação dos profissionais e sua respectiva atuação no mercado de trabalho. Em uma última análise, o metaverso é baseado principalmente na ideia de realidade virtual e aumentada. As simulações serão cruciais para criar um novo mundo virtualizado dirigido por pessoas reais com recursos reais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.