Como o metaverso está mudando a Internet para sempre

Com computação, conectividade e potencial de colaboração incomparável, o Metaverso é a chave para grandes mudanças na Internet.

No Metaverso, as atuais experiências bidimensionais da web serão substituídas por interações mais imersivas e significativas que proporcionam um impacto sustentado no mundo real. Investigaremos os benefícios potenciais do Metaverso e como ele está transformando a internet como a conhecemos.

Como nossas vidas são cada vez mais vividas online, muitos estão condenando as implicações negativas, com um estudo chegando ao ponto de sugerir que a anatomia humana pode sofrer mutações devido ao uso excessivo de tecnologia. Embora extremo, isso ressalta a narrativa central da mídia que sustenta muitas inovações tecnológicas: ou seja, o progresso tem um custo para a humanidade.

No entanto, isso está prestes a mudar à medida que o metaverso se torna uma realidade. Inovações contínuas em 5G e 6G nos darão conectividade permanente independentemente da localização física e criarão uma verdadeira mistura de mundos físicos e virtuais.

Antes de nos aprofundarmos nesses benefícios, vamos primeiro olhar para alguns drivers por trás da má reputação da internet. A facilidade com que as notícias falsas podem se espalhar, o cyberbullying, as preocupações com a privacidade e o impacto negativo nas relações sociais e na comunidade estão frequentemente entre os principais problemas citados por aqueles que temem nossa dependência da web.

Essas preocupações são válidas, mas aqueles fortemente envolvidos no desenvolvimento do metaverso acreditam que elas podem ser mitigadas na Web 3.0 priorizando segurança, privacidade, transparência e outras considerações críticas desde o início. Para esse fim, grupos como o Metaverse Standards Forum e o Oasis Consortium visam mudar permanentemente a web como a conhecemos e apoiar uma experiência mais segura e gratificante para todos.

Novas Possibilidades no Horizonte do Metaverso

Com a computação e a conectividade inigualáveis ​​que o 5G e o 6G oferecerão, os limites tradicionais definidos por geografia ou localização, ou seja, trabalho x casa, praticamente desaparecerão. As possibilidades subsequentes são numerosas.

1. P&D aprimorado

O metaverso é o ambiente DevOps definitivo, eliminando inúmeras barreiras entre grupos e potencializando a colaboração.

Permitir que as partes interessadas do produto interajam e trabalhem juntas, entre si e com os usuários finais, durante a fase de design resultará em produtos melhores e mais rápidos para o mercado e abrirá novas oportunidades para inovação. Considere como próteses mais naturais poderiam ser desenvolvidas usando o metaverso para modelar e entender o movimento articular relacionado a ações específicas, segurar uma caneta, chutar uma bola ou subir escadas, por exemplo. Tecnologias de diagnóstico mais intuitivas são outra possibilidade, com ensaios clínicos concluídos em uma fração do custo e tempo tradicionais.

2. Sustentabilidade escalável

O metaverso nos permitirá reduzir significativamente as emissões de carbono de várias maneiras. Gêmeos digitais, definidos pelo Gartner como “… uma representação digital de uma entidade ou sistema real,” já estão sendo utilizados por empresas para coisas como teste, monitoramento e manutenção preditiva. À medida que a realidade aumentada (AR) e a realidade virtual (VR) amadurecem, os gêmeos digitais se tornarão tão realistas quanto suas contrapartes físicas, resultando em inúmeros ganhos, incluindo maior sustentabilidade.

Isso vai além dos benefícios de redução de carbono de menos viagens relacionadas ao trabalho. Considere a redução na logística de envio, embalagem e estocagem de roupas devolvidas se os compradores pudessem experimentar itens no metaverso em vez de pessoalmente. Com estimativa de NRF que 21% das compras online em 2021 resultaram em retorno, está claro que reduzir as taxas de retorno traria um impacto ambiental significativo.

3. Criatividade global

Ao facilitar conexões que abrangem todo o mundo, o metaverso ajudará indivíduos e empresas a superar diferenças de idioma, obstáculos culturais e outros obstáculos tradicionais que impedem a verdadeira colaboração global. Por exemplo, os funcionários podem combater as preocupações de isolamento associadas a ambientes híbridos criando avatares que representam sua identidade cultural, hobbies ou experiências, estabelecendo a estrutura para conexões mais autênticas e significativas.

Apoiando o futuro da Internet

Para que as possibilidades do metaverso sejam realizadas, a indústria deve superar algumas barreiras tecnológicas significativas, incluindo:

  • Latência: com movimentos para entradas de fótons de menos de 20 milissegundos, é essencial que o metaverso possa retransmitir dados em tempo real, mesmo que as interações sejam originárias do outro lado do mundo.
  • Integração de tecnologia: inúmeras tecnologias sustentam o metaverso e devem funcionar juntas integradamente. Conforme discutido, o poder de computação de 5G e 6G desempenhará um papel fundamental. A IoT, AI, AR e VR, modelagem 3D e computação espacial e de borda são todos críticos, e muito trabalho ainda resta para garantir que essas tecnologias possam trabalhar juntas facilmente.
  • Uplink: Melhorias no uplink devem ser feitas em 5G e 6G para suportar as possibilidades do metaverso. Uma coisa é experimentar o buffer enquanto assiste a um vídeo do YouTube, mas outra coisa totalmente diferente ao usar um fone de ouvido AR, por exemplo. Esta e outras inovações do metaverso exigirão taxas de transferência de uplink muito mais altas para garantir a conectividade perfeita e as experiências imersivas que os consumidores esperam cada vez mais.

O alvorecer de uma nova era de conectividade

Toda tecnologia disruptiva introduz novos recursos inéditos apenas alguns anos antes. Pense em como o Wi-Fi onipresente transformou as viagens de negócios ou como as marcas de comércio eletrônico capitalizaram nas mídias sociais e no conteúdo gerado pelo usuário.

Estamos em um ponto semelhante agora quando se trata do metaverso e seu potencial. À medida que o 5G e o 6G amadurecem, começaremos a ver uma classe totalmente nova de dispositivos e aplicativos chegando ao mercado. Considere dirigir óculos nos quais entretenimento, navegação e chamadas viva-voz são recombinados em uma experiência AR perfeita que se sobrepõe ao mundo real. Isso ressalta como o metaverso erradicará a percepção da internet como um destino solitário e anônimo e, em vez disso, nos conectará de maneiras que apenas começamos a imaginar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.